Tensão pré-beta

27/08 – Domingo

Estou aqui.. super apreensiva do que pode acontecer, só quem passa pelo processo de FIV sabe do que estou falando. É um mix de sentimentos, hora estou feliz e confiante, hora estou triste e sem esperança.

A cada sintoma as esperanças retornam e a cada sangue fico com medo, é confuso! Pode ser nidação? Meu Deus.. que tortura!!!! Já chorei nesse ciclo, achei que seria mais fácil não me apegar a nada e simplesmente viver.. Doce ilusão!!!!

O dia do beta está chegando, estou muito aflita.

— Sonhei com o positivo, acordei feliz.. fiz o teste e negativo, putz!!!!!!!–

Preciso me preparar para um novo ciclo, renovar as baterias.. nem sei, me sinto péssima e incapaz. Meu amor me abraçou, disse que vai ficar tudo bem.. como é bom o seu abraço e carinho, sou uma pessoa de sorte. Se não fosse ele já teria desistido.

Amanhã é um novo dia, cheio de sintomas e angústias.

Dizem que a esperança é a última que morre, estou me agarrando nela!!!

Até terça ou até setembro!!!!

 

Anúncios

Ei 2017!!

Iniciei 2017 cheia de novos projetos.. e marquei em minha agenda uma nova tentativa de FIV para agosto.

Uma decisão importante foi encontrar outra ginecologista, nossa passei por tantos profissionais na minha longa jornada que estava incrédula que poderia encontrar um profissional competente. E graças a Deus eu consegui encontrar!!!

Conversei muito com ela, levei todos os exames, contei minha história e ouvi a seguinte frase: “Estou aqui para te ajudar e juntas vamos conseguir”, essa frase me deu força para recomeçar.

Em meio aos negativos de 2016, minha médica solicitou um exame para analisar o endométrio, talvez poderia ser ele o causador da minha tristeza. Mais uma vez não era ele o culpado. Putz… o que eu tenho?? Confesso que saber que tudo estava bem me deixava frustada, eu precisava de um fator físico para me acalmar.

Chegou agosto… uma nova FIV a caminho, uma nova etapa.. agora seria positivo, eu estava cheia de esperanças.. Agosto é aniversário do meu love, torcia para presentea-lo com um belo positivo.

Coloquei em minha cabeça que essa era a primeira fiv, agora sem loucura e sem pressão.. eu conseguiria administrar os meus trabalhos, agora era diferente.

A transferência aconteceu dia 16/08 – novamente fiz um diário contando os meus dias e sintomas, haaa agora vaiii!!!! Tudo indicava que estava certo, mas o vazio do coração continuava.. NEGATIVO novamente. Não chorei, apenas pensei.. não foi dessa vez, será que não terei a minha vez?

Bola pra frenteee…. tudo certo para setembro, uhuuuu setembro seria o mês!!!!

Seria… conjuguei o verbo corretamente, seria mas não foi!

Conto tudo no próximo post!

Beijos com carinho!

 

 

Voltei, bem-vindo 2017!

Nosso último post aconteceu em junho de 2016, tantas coisas aconteceram de lá pra cá..quando digo muitas, são muitas mesmo…

Passei por 4 FIVS, muito crescimento e aprendizado!

Vou tentar resumir minha luta, pega a pipoca e o guaraná, senta aii e bora começar!

1ª FIV – outubro 2016

Minha vida estava uma loucura, trabalhando muito e em meio a correria estava lá a transferência do embrião. Aconteceu dia 25/10, tive apenas 1 dia de repouso e depois vida normal.

Trabalhava em outro município, pegava um trânsito do cão, resumindo foi puro stress… Passei tudo sozinha com o meu marido.. engraçado que já sabia que não tinha dado certo desde o primeiro momento, sangrei em vários momentos durante os 12 dias até o beta, tive cólicas horríveis e um imenso vazio na alma. Recebi um NEGATIVO. Me lembro que não chorei, sabia que poderia não dar certo logo de primeira.

2ª FIV – novembro 2016

A vida continuava louca.. mas tínhamos certeza que deveríamos tentar logo em seguida, o organismo precisava se adaptar as medicações.. meu marido super empolgado e eu também, dessa vez vai ser positivo. (Detalhe colocamos sempre 1 embrião)

Me apeguei a todos os sintomas, dores nos seios, enjoo, dor de cabeça, tinha certeza que estava grávida, mas no fundo do coração não me sentia mãe! Mas vai que eu estava enganada, né? Doce ilusão, o sexto sentido não falha, pode acreditar em mim!

Pronto início de dezembro, negativo novamente! Putz, chorei feito criança.. chorei e questionei a Deus: Pq não consigo? Eu só quero ser mãe, pq eu?

Decidimos dar um tempo nas tentativas, nesse momento sai do emprego formal, abri uma empresa de acessórios com uma amiga e comecei a administrar meus projetos pessoais.

No próximo post conto tudooo…2017 havia começado com muitos projetos, sonhos e realizações!

Um beijo com carinho!